Mulher tem 95% do corpo queimado após ataque em bar de Aracaju

Vania Regina, de 53 anos, teve cerca de 95% do corpo queimado após ser atingida por um líquido inflamável em um bar de Aracaju (SE), no dia 22 de novembro. O suspeito do crime foi preso dias depois e alegou que o alvo era um homem que estava sentado na mesma mesa que a vítima.

A mulher está internada no Hospital de Urgência de Sergipe. A vítima passou por duas cirurgias, mas ainda não há previsão de alta.

De acordo com a Polícia Civil, a vítima estava em um bar bebendo com amigos. Ailton José dos Santos Brito, de 56 anos, estava em uma mesa ao lado. De repente, ele jogou sobre ela álcool em chamas.

Ailton José confessou o crime e alegou que queria acertar um homem que estava perto da jovem. O homem correu e o líquido acabou atingindo Vania, que não tinha a ver com a história.

Segundo o delegado Marcos Garcia, responsável pelo caso, o suspeito disse que era caçoado e chamado de corno por moradores do bairro. Por conta disso, ele decidiu matar um rapaz apelidado de Macau.

Ainda segundo o R7, o homem estava cumprindo regime semiaberto aberto por ter assassinado uma mulher na década de 1990. Ele também é suspeito de outras duas tentativas de homicídio.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s