Vereador acusado de fornecer dinamites para quadrilha perde mandato em Poço Verde

Finalmente, a Câmara Municipal de Poço Verde declarou extinto o mandato do então vereador Ricardo Henrique Nogueira de Oliveira, acusado de fornecer dinamites para uma quadrilha envolvida com a explosão de caixas eletrônicos em Sergipe. O acusado manteve-se foragido até o dia 19 do mês passado, quando foi localizado e preso na cidade de Santo André, no Estado de São Paulo. Ele permanece detido na cidade paulista e a Secretaria de Estado da Segurança aguarda liberação do Poder Judiciário para transferi-lo para o Estado de Sergipe, conforme informações da assessoria de imprensa da SSP de Sergipe.

Na Câmara de Vereadores de Poço Verde, a informação é que o mandato de Ricardo Nogueira foi declarado extinto já no mês de novembro. Não pela acusação de envolvimento em organização criminosa, mas por ter se ausentado por cinco sessões consecutivas, critério para extinção do mandato conforme previsto no artigo 51 do Regimento Interno do Poder Legislativo Municipal de Poço Verde. Conforme informações da Câmara, no dia 24 de novembro deste ano foi empossado o substituto dele, Amaury Batista, primeiro suplente da coligação Eu Sim ao Povo de Serg ipe formada pelo PP/PDT/PSL/PSC/PR e DEM. Conforme a ata, que tem data do dia 16 de novembro, o mandato de Ricardo Nogueira foi declarado extinto pelo presidente da Câmara Municipal de Vereadores, Pedro de Jesus Santos, depois que o suplente solicitou informações a respeito do pedido de licença feito pelo então parlamentar acusado de integrar a quadrilha de assaltantes responsável pela explosão de vários caixas eletrônicos em Sergipe.

Mesmo foragido da justiça, com mandado de prisão expedido pela justiça sergipana, Ricardo Nogueira permaneceu com o mandato amparado por um pedido de licença sem vencimento. Conforme a ata com data do dia 16 de novembro, o ofício encaminhado pelo suplente foi lido e o presidente constatou que o então parlamentar teria faltado a cinco sessões plenárias consecutivas. Conforme a ata, o então vereador faltou às sessões realizadas nos dias 26 e 27 de outubro e no dias 3, 9 e 10 de novembro deste ano.

Por Cássia Santana / infonet

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s