Mulheres não comunicam ao INSS a morte dos segurados e usam cartão para sacar dinheiro em Sergipe

6112015102510

Em duas ações, três mulheres foram denunciadas pelo Ministério Público Federal em Sergipe (MPF/SE) por estelionato contra a Previdência Social. O estelionato consiste em obter vantagem por meio fraudulentos, com indução de alguém ao erro.

Nos dois casos, as mulheres não comunicaram ao INSS a morte dos segurados e usam cartão magnético deles para sacar benefícios. Estima-se, em cada caso, prejuízo de quase R$ 30mil, em valores corrigidos. A pena pelo crime pode variar de um a cinco anos de reclusão e pagamento de multa.

Na primeira ação, duas pessoas sacaram indevidamente 42 parcelas do benefício previdenciário de um segurado falecido em 2006. Os saques continuaram até 2009. Na segunda ação, MPF/SE denunciou uma mulher por sacar 29 parcelas mensais de aposentadoria por tempo de serviço e cinco parcelas de pensão por morte de um segurado também falecido.

As denúncias tramitam na Justiça Federal de Sergipe.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s